Blog Viseu

Como vender seu livro nas livrarias

Como vender seu livro nas livrarias

Todos os dias milhares de novos livros são lançados, sendo a maioria a obra debutante dos autores. Interessante é que geralmente o que o autor pensa ser um bom livro, nem sempre é o que a livraria ou o público em geral considera ser um livro de qualidade.

O primeiro item a olhar é a sua capa. Sim, a capa! Infelizmente as pessoas julgam pela capa, não se engane. É imprescindível hoje devido ao grande número de opções disponíveis. É a embalagem que precisará capturar a atenção de um cliente dentro de 1 ou 2 segundos. Ela precisa transmitir o tema do livro e seu gênero de forma apropriada. Olhe para outros livros dentro do seu gênero. Ele parece semelhante, mas com sua própria distinção? Foge do padrão? Não queira fugir do padrão! Geralmente, se você romper com a norma, a maioria das livrarias não vai querer ele. Procure ser distinto e se destacar, porem sem se desviar da aparência geral dos outros livros dentro do gênero.

O próximo item a olhar é o preço do livro. Ah, o preço! Muito se engana que pensa que o cliente só analisa quanto vai custar àquela cervejinha do churrasco no final de semana. Amigos, o preço é importantíssimo e determinante. A maioria dos autores comete o erro de entrar em detalhes de reais e centavos, e definir o preço do livro dobrando o custo ou um pouco mais baseando se apenas no custo para imprimir o livro. Infelizmente, não é assim que a indústria do livro funciona. Existem vários itens que você precisa analisar antes de precificar o livro.

Primeiro, é capa dura ou brochura? Capa dura geralmente pode agregar mais valor. Brochura, que é o padrão nacional, tende a ter o preço menor.

O gênero lhe dará uma faixa de preço geral para seu livro. Apenas certifique-se de comparar a ligação apropriada (capa dura / brochura). Se você não fizer isso, corre o risco de precificar seu livro muito alto ou muito baixo. Gêneros como ficção tem preço muito menor do que negócios. Olhando para os diferentes preços dentro do gênero vai ajudar a dar-lhe uma ideia de como tudo funciona.

O último item para determinar o preço é o numero de páginas. Você vai ter uma boa ideia do que deveria custar seu livro olhando para a ligação e gênero, mas para ter certeza você precisará ir além e encontrar o número de paginas ideal dentro de seu gênero. Isso lhe dará uma ideia muito melhor de qual deve ser o preço do livro. Há ainda alguns outros detalhes para se levar em conta, por exemplo, os grandes autores de seu campo tendem a ditar os preços, ou seja, obras de autores como Stephen King, J.K. Rowling irão dizer quanto deve ser o topo de preços de seu gênero. Mantenha isso em mente quando se olha para os preços.

Um aspecto importante que uma livraria olha, é seu o seu livro vai ter saída, se ela tem uma plataforma ou audiência e marca. A pergunta que o varejo faz é “quem vai comprar este livro?”. Um bom distribuidor vai colocar seu livro a venda em muitos lugares em todo o país, desde aeroportos até pequenas lojas. Eles podem até mesmo colocar seu livro em um local não-tradicional como uma mercearia, padaria ou lojas grandes com Americanas e Wal-Mart. No entanto, se você não tem seu público definido para chegar, se você não é conhecido, o livro terá menos chances de ser bem-sucedido. Os autores mais bem sucedidos têm público, tem a oportunidade de falar para eles e divulgar para seus futuros leitores e clientes que estará lançando um livro, geralmente já são escritores com outros livros, ou professores, palestrantes, profissionais já reconhecidos, youtubers famosos, enfim, alguém que esta comunicando o seu trabalho.

Pode levar tempo para construir esse público, e provavelmente levará um par de livros antes que seu público realmente cresça. É preciso tempo e esforço, mas quando o seu público cresce, torna-se mais e mais divertido.

Agora, você pode lançar seu livro em uma boa editora com apenas dois dos três aspectos acima. Isso ocorre porque algumas editoras podem oferecer serviços de distribuição. Aproveitando os seus serviços de distribuição vai influenciar o varejo a trabalhar com você, porque eles veem que você está trabalhando para construir seu público.

“Mas a qualidade da obra não influencia?” Queridos, sim e não! As editoras preferem que o livro esteja razoavelmente bem escrito, mas se não for, algumas têm uma equipe editorial que pode corrigir a maioria dos principais problemas.  Por exemplo, “50 tons de cinza” não era exatamente a literatura clássica, mas o público inundou as livrarias para comprar esta obra.

A sociedade de hoje é voltada para a comercialização do livro. Ele tem apelo? Os clientes estão dispostos a pagar esse preço? Há pessoas que vão comprá-lo no início? Se as respostas a pergunta acima forem “sim”, mesmo um livro não tão bem escrito será editado e comercializado!

Para conseguir colocar seu livro no varejo e ter sucesso, você precisa de todos os três aspectos. Você precisa de uma capa de sucesso, preço adequado e público (ou ao menos precisa estar construindo um). Quando todos os três itens são bons, é muito difícil para qualquer varejo recusar a oportunidade de vender seu livro.

Escrito por Rodrigo Regina